Impactos da inflamação crônica na saúde

O papel da inflamação crônica na saúde e na deterioração funcional com o envelhecimento está claramente emergindo.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Os mecanismos potenciais incluem suscetibilidade genética, obesidade central, aumento da permeabilidade intestinal, alterações na composição da microbiota, senescência celular, ativação do inflamassoma NLRP3, estresse oxidativo causado por mitocôndrias disfuncionais, desregulação das células imunes e infecções crônicas.

Impactos da inflamação crônica na saúde

O papel da inflamação crônica na saúde e na deterioração funcional com o envelhecimento está claramente emergindo.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Os mecanismos potenciais incluem suscetibilidade genética, obesidade central, aumento da permeabilidade intestinal, alterações na composição da microbiota, senescência celular, ativação do inflamassoma NLRP3, estresse oxidativo causado por mitocôndrias disfuncionais, desregulação das células imunes e infecções crônicas.

Riscos

Estudos  demonstram que altos níveis sanguíneos de marcadores pró-inflamatórios, incluindo ensaio de PCR de alta sensibilidade e IL-6, preveem o risco de DCV em adultos de meia-idade e idosos, independentemente de outros fatores de risco de DCV.

A influência na DCV

O importante papel da inflamação na DCV, em particular na aterosclerose, juntamente com a observação de que o estado pró-inflamatório típico do envelhecimento é um forte fator de risco para muitas doenças crônicas relacionadas à idade, explica por que a DCV em indivíduos mais velhos muitas vezes precede, segue, ou se desenvolve no contexto de multimorbidade e fragilidade.⠀⠀⠀⠀

O  surgimento de traços de senescência nas células musculares lisas vasculares tem sido implicado no início e na progressão da DCV, especificamente na aterosclerose, novamente sugerindo que a aterosclerose e a DCV resultante são uma síndrome de envelhecimento acelerado.

Todas as evidências sugerem que DCV, multimorbidade, fragilidade e as doenças crônicas tenham a inflamação como causa raiz comum.

A influência na DCV

No âmbito da nutrição, a dieta mediterrânea  parece ser uma das poucas intervenções comportamentais que, tanto em estudos observacionais quanto em ensaios clínicos, foi associada a menor morbidade e mortalidade cardiovascular, acredita-se que seja resultado das propriedades anti-inflamatórias inerentes à dieta.

LEIA TAMBÉM: Impactos da inflamação crônica na saúde

Olha  a importância da nutrição funcional  intervindo na causa raiz das doenças crônicas. Conte nos comentários se você auxilia seu paciente com nutrição adequada para evitar a inflamação!


Encontre um profissional indicado pela Faculdade Saúde Avançada

As pessoas precisam de profissionais que olhem seus exames pelo valor de referência. Precisam encontrar o profissional que saiba interpretar. Verifique através do mapeamento da Faculdade Saúde Avançada (FSA) onde este especialista está.

CLIQUE AQUI

>>

Acompanhe também: