Nutrientes para imunidade

Algumas vitaminas e minerais podem atuar como moduladores, sendo ótimos nutrientes para imunidade.

Manter o sistema imunológico forte é fundamental para proteger o corpo contra infecções e doenças. Uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes essenciais, desempenha um papel crucial no suporte e na otimização da função imunológica. 

Vitaminas, minerais e outros compostos bioativos colaboram de diversas maneiras para manter as defesas naturais em alerta e funcionando adequadamente. Neste texto, você vai ler:

O que é e como age o sistema imune

O sistema imunológico é uma complexa rede de células, tecidos e órgãos que trabalham juntos para defender o corpo contra invasores externos, como bactérias, vírus, fungos e parasitas. Ele funciona como uma barreira multifacetada que identifica e neutraliza patógenos potencialmente prejudiciais, evitando infecções e doenças.

O sistema imune pode ser dividido em duas partes principais: a imunidade inata e a imunidade adaptativa.

  • Imunidade Inata: é a primeira linha de defesa e responde rapidamente a uma ampla variedade de ameaças. Inclui barreiras físicas, como a pele e as mucosas, bem como células e proteínas que detectam e destroem patógenos. Componentes importantes da imunidade inata incluem fagócitos (como macrófagos e neutrófilos), células natural killer e o sistema complemento;
  • Imunidade Adaptativa: desenvolve-se ao longo do tempo e proporciona uma resposta mais específica e eficaz contra patógenos. Ela é composta por linfócitos T e B. Os linfócitos B produzem anticorpos que neutralizam diretamente os patógenos ou marcam-nos para destruição. Os linfócitos T, por outro lado, podem destruir células infectadas ou ajudar a coordenar outras partes da resposta imune.

Quando um patógeno invade o corpo, a imunidade inata é ativada imediatamente. Se o patógeno não for eliminado, a imunidade adaptativa entra em ação, adaptando-se especificamente ao invasor. Uma vez que o patógeno é eliminado, algumas células de memória permanecem, proporcionando uma resposta rápida e eficaz se o mesmo patógeno tentar invadir o corpo novamente no futuro.

Nutrientes para imunidade

Uma alimentação equilibrada é crucial para manter o sistema imunológico forte e eficiente. Diversos nutrientes desempenham papéis essenciais no funcionamento e na resposta imune. 

Entre os principais nutrientes para a imunidade estão:

  • Vitamina C: conhecida por seu poder antioxidante, ajuda a proteger as células contra danos causados por radicais livres e também contribui para a produção e função dos leucócitos (células brancas do sangue), que são essenciais na defesa contra infecções;
  • Vitamina D: é vital para a função imune, influenciando a resposta das células imunes e ajudando a reduzir a inflamação;
  • Zinco: é essencial para a função adequada de várias células do sistema imunológico, incluindo neutrófilos e células T, além de atuar como antioxidante, protegendo as células contra danos;
  • Vitamina A: é fundamental para a manutenção das barreiras mucosas, que são a primeira linha de defesa do corpo contra infecções e também está envolvida na produção e função das células imunológicas;
  • Vitamina E: como antioxidante, a vitamina E ajuda a proteger as células contra danos oxidativos e suporta a função das células T;
  • Selênio: é essencial para a função imunológica, participando na produção de enzimas antioxidantes que protegem contra danos celulares.

Além desses nutrientes, uma dieta rica em frutas, vegetais, grãos integrais, proteínas magras e gorduras saudáveis proporciona um amplo espectro de nutrientes necessários para apoiar a imunidade.

A hidratação adequada, o sono de qualidade e a prática regular de exercícios físicos também são componentes fundamentais para a manutenção de um sistema imunológico robusto.

Vitaminas e minerais como moduladores imunológicos

A pesquisa Exploring the Immune-Boosting Functions of Vitamins and Minerals as Nutritional Food Bioactive Compounds: A Comprehensive Review analisou como micronutrientes podem estimular ou suprimir respostas imunológicas.

O ácido retinóico afeta significativamente a atividade dos macrófagos regulando a liberação de citocinas IL-1, IL-6, IL-12, TNF-α e óxido nítrico. A vitamina B1 inibe a estimulação do NF-kB e a formação de citocinas pró-inflamatórias em macrófagos. Já a B2 aumenta a atividade fagocítica dos macrófagos, enquanto sua deficiência reduz a capacidade de resposta imunológica.

A vitamina B3 pode ativar o sistema imunológico inato em até mil vezes o nível normal, tornando-a uma linha inicial eficaz de defesa contra patógenos. Enquanto a deficiência de vitamina B6 resulta na diminuição da produção de anticorpos e no aumento dos níveis de IL-4.

O dexpantenol, derivado da B5 diminui os níveis de TNF-α, aumenta a atividade das enzimas antioxidantes SOD e da glutationa (GSH). A vitamina B9 está correlacionada com taxas mais baixas de infecção, efeitos positivos nas respostas blastogênicas e na proliferação de linfócitos T, no aumento da fagocitose e na regulação positiva de imunoglobulinas.

A deficiência de B12 resulta na regulação negativa dos linfócitos. A administração intramuscular de metilcobalamina restaura completamente a produção de linfócitos T CD8+ e retorna a relação CD4+/CD8+ aos níveis normais.

Ainda, a vitamina C contribui na modulação imunológica inibindo a expressão de mediadores pró-inflamatórios. A forma ativa da vitamina D suprime o crescimento das células B, a diferenciação das células plasmáticas e a produção de IgG, IgM e IgE.

Além disso, o selênio é um componente essencial das selenoproteínas, necessárias para as funções das células NK, macrófagos, neutrófilos e linfócitos T. Por fim, a deficiência de ferro reduz a ativação de NF-κB e a liberação de citocinas.

LEIA TAMBÉM: Efeitos da L-Carnitina na fadiga 

Vitaminas e minerais são imunomoduladores com efeitos sinérgicos ao longo das várias fases e compartimentos do sistema imunológico. Como você tem fortalecido a imunidade de seus pacientes?

Referência:

Mitra S, Paul S, Roy S, Sutradhar H, Bin Emran T, Nainu F, Khandaker MU, Almalki M, Wilairatana P, Mubarak MS. Exploring the Immune-Boosting Functions of Vitamins and Minerals as Nutritional Food Bioactive Compounds: A Comprehensive Review. Molecules. 2022 Jan 16;27(2):555. doi: 10.3390/molecules27020555. PMID: 35056870; PMCID: PMC8779769.


Encontre um profissional indicado pela Faculdade Saúde Avançada

As pessoas precisam de profissionais que olhem seus exames pelo valor de referência. Precisam encontrar o profissional que saiba interpretar. Verifique através do mapeamento da Faculdade Saúde Avançada (FSA) onde este especialista está.

CLIQUE AQUI

>>

Acompanhe também: