Relação entre resveratrol e perfil lipídico

A relação e a interação entre resveratrol e perfil lipídico sugere o efeito antiobesidade deste polifenol.

Nos últimos anos, a busca por uma vida saudável tem levado muitos a explorar os segredos escondidos em alimentos e compostos naturais. Entre esses tesouros da natureza, o resveratrol emerge como um protagonista intrigante. Encontrado principalmente na casca das uvas, no vinho tinto e em outras fontes vegetais, esse composto polifenólico tem sido associado a uma série de benefícios para a saúde, incluindo a melhoria do perfil lipídico. Neste artigo, você vai ler:

O que é o resveratrol

O resveratrol é um composto orgânico natural encontrado em certas plantas e alimentos, conhecido por suas propriedades antioxidantes e potenciais benefícios à saúde. Ele pertence à classe dos polifenóis, que são compostos químicos comuns em frutas, vegetais e produtos derivados de plantas. 

Pesquisas sugerem que o resveratrol pode ter uma série de benefícios potenciais para a saúde, incluindo a proteção contra danos celulares causados pelos radicais livres, a redução da inflamação e o suporte à saúde cardiovascular.

Além disso, estudos em laboratório e em animais indicaram que o resveratrol pode ter propriedades anticancerígenas e antienvelhecimento, embora mais pesquisas sejam necessárias para entender completamente esses efeitos em humanos.

Quais as principais fontes de resveratrol

O resveratrol é encontrado em uma variedade de alimentos, principalmente em frutas, vegetais e produtos derivados de plantas. Algumas das principais fontes incluem:

  • Uvas e vinho tinto: a casca das uvas, especialmente as uvas vermelhas, é uma das fontes mais concentradas de resveratrol. Como resultado, o vinho tinto contém quantidades significativas deste composto, devido ao processo de fermentação que envolve a casca das uvas.
  • Mirtilos e framboesas: frutas como mirtilos e framboesas também contêm resveratrol em quantidades apreciáveis. Além disso, essas frutas são ricas em outros antioxidantes e nutrientes benéficos para a saúde.
  • Amendoim e nozes: algumas variedades de nozes, como nozes e amêndoas, são fontes de resveratrol. O amendoim também contém quantidades modestas deste composto.
  • Cacau e chocolate escuro: o cacau em pó e o chocolate escuro com alto teor de cacau são outras fontes de resveratrol. No entanto, é importante consumi-los com moderação devido ao seu teor calórico e de gordura.
  • Frutas e vegetais: Embora em menor quantidade, algumas outras frutas e vegetais também contêm resveratrol, como cranberries, amoras, morangos, uvas pretas, cebolas e espinafre.

Incorporar uma variedade desses alimentos em sua dieta pode ajudar a garantir a ingestão adequada de resveratrol, contribuindo assim para a promoção da saúde e do bem-estar geral.

Fatores que interferem com o perfil lipídico

O perfil lipídico de uma pessoa, que inclui níveis de colesterol, triglicerídeos e lipoproteínas, é uma medida importante da saúde cardiovascular. Vários fatores podem influenciar esse perfil, tanto positiva quanto negativamente.

Por exemplo, uma dieta rica em gorduras saturadas e trans pode aumentar os níveis de colesterol LDL (o “mau” colesterol) e triglicerídeos, enquanto uma dieta rica em gorduras insaturadas, especialmente ácidos graxos ômega-3 encontrados em peixes, pode melhorar o perfil lipídico.

A falta de atividade física está associada a níveis mais altos de triglicerídeos e colesterol LDL, e níveis mais baixos de colesterol HDL (o “bom” colesterol). Por sua vez, o exercício regular pode ajudar a aumentar o colesterol HDL e a reduzir os níveis de triglicerídeos.

A predisposição genética também desempenha um papel importante no perfil lipídico. Algumas pessoas têm uma maior propensão a níveis elevados de colesterol LDL devido à herança genética. Além disso, o excesso de peso, especialmente a gordura abdominal, está associado a níveis mais altos de triglicerídeos e colesterol LDL, e níveis mais baixos de colesterol HDL.

Outros fatores que afetam o perfil lipídico também são:

  • Tabagismo;
  • Idade e sexo;
  • Condições médicas;
  • Medicamentos.

Relação entre resveratrol e perfil lipídico: o que diz a ciência

Já foi evidenciado que o resveratrol tem atividades anti-inflamatórias, anticancerígenas, antiapoptóticas, antiosteoporose e antioxidantes. Ele demonstrou proteger contra o envelhecimento vascular, modulando o sistema renina-angiotensina e melhorando a disfunção endotelial, ativando a SIRT1. Além disso, a formação da célula espumosa poderia ser suprimida pelo resveratrol para prevenir a aterosclerose dinâmica no estágio inicial.

Segundo o estudo The Effect of Resveratrol on Blood Lipid Profile: A Dose-Response Meta-Analysis of Randomized Controlled Trial, o escurecimento excessivo do tecido adiposo branco pode ser inibido pelo resveratrol, sugerindo o efeito antiobesidade do resveratrol.

Quanto aos seus efeitos sobre os lipídios do sangue, os estudos são controversos e não se sabe se existe uma dose-resposta do perfil lipídico após sua suplementação. Uma meta-análise dose-resposta de ensaios clínicos randomizados foi realizada para explorar os efeitos da suplementação de resveratrol no perfil lipídico.

A duração da ingestão de resveratrol variou de 4 a 48 semanas e a dosagem de intervenção variou de 10 a 3.000 mg/dia. Os resultados mostraram que a intervenção do resveratrol afetou significativamente os níveis de colesterol total, LDL-C e TG, mas não o nível de HDL-C.

A redução do LDL-C foi mais significativa nos ensaios com duração ≥ 12 semanas e em indivíduos com diabetes tipo 2 (DM2). A dosagem também se mostrou um fator crucial na suplementação de resveratrol, apontando a dose-resposta acima de 500 mg/dia.

LEIA TAMBÉM: Periodização: a nova era da nutrição esportiva 

Dado seu papel regulador no controle do CT e TG, a suplementação de resveratrol tem sido implicada em uma série de doenças associadas ao metabolismo lipídico anormal, como doença hepática gordurosa não alcoólica, doença coronariana e aterosclerose. Esses resultados reforçam o uso do resveratrol com um importante nutracêutico. Ele faz parte das suas prescrições?

Referência:

Cao X, Liao W, Xia H, Wang S, Sun G. The Effect of Resveratrol on Blood Lipid Profile: A Dose-Response Meta-Analysis of Randomized Controlled Trials. Nutrients. 2022 Sep 11;14(18):3755. doi: 10.3390/nu14183755. PMID: 36145131; PMCID: PMC9506025.


Encontre um profissional indicado pela Faculdade Saúde Avançada

As pessoas precisam de profissionais que olhem seus exames pelo valor de referência. Precisam encontrar o profissional que saiba interpretar. Verifique através do mapeamento da Faculdade Saúde Avançada (FSA) onde este especialista está.

CLIQUE AQUI

>>

Acompanhe também: